Vereador chama guardas de “babacas” e os compara a bandidos

Cotidiano

12 de outubro de 2018 10:05

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

A rara ameba que come ‘cérebro’ humano

Dicas eficazes para economizar gás de cozinha

Aplicação do Enem vai seguir quatro fusos horários

Eleitores só poderão ser presos em flagrante
Apneia do sono afeta um terço da população e oferece riscos
Petrobras reduz 2% do preço da gasolina nas refinarias
Filho assalta e ameaça de morte o próprio pai
Foto: Imagem: Divulgação
PUBLICIDADE

O pronunciamento de um vereador realizado na manhã dessa quinta-feira (11), na Câmara Municipal de São José dos Pinhais, causou revolta entre os guardas municipais da cidade, na Região Metropolitana de Curitiba. O vereador Ailton Fenemê (PTB) disse que a Guarda Municipal serve apenas para multar e que prefere bandidos aos Guardas - o parlamentar foi preso em 2016 suspeito de agredir a então namorada. As informações são da Rádio Banda B.

Essa Guarda só serve pra multar. Pra mim, não serve pra nada, um bando de babacas. Nem todos, mas a maioria. Eu tenho medo da Guarda Municipal e não tenho medo de bandidos perto da minha casa”, disse o vereador em pronunciamento na Câmara.

O Guarda Municipal Ricardo Kusch, representante do Sindicato da Categoria, o Sigmetro, explicou que o pronunciamento não foi visto com bons olhos. e revoltou toda a categoria.

“Uma autoridade do Legislativo pode fazer críticas, desde que sejam para melhorar, positivas, mas o que este parlamentar fez foi ofender a categoria. Ele chamou todos os guardas de babacas, comparou com bandidos. Depois disse que são apenas alguns, mas palavras ao vento não voltam mais Estamos acionando o nosso setor jurídico e vamos representar contra este cidadão em todas as esferas possíveis a despeito dele ter liberdade ou não de falar na tribuna da Câmara. E também queremos direito de resposta”, afirmou Kusch.

O vereador Fenemê, que está em seu quarto mandato, reclamou das multas aplicadas pela Guarda Municipal, mas principalmente pela forma de abordagem de alguns Guardas Municipais.

O representante do Sindicato explicou que procurou o vereador na tarde dessa quinta-feira, mas ele estava em compromissos externos. Ainda assim, diz que a Guarda está aberta ao diálogo. “O diálogo é sempre o melhor caminho”, completou.

Kusch ainda ressaltou que qualquer Guarda Municipal que tenha se sentido ofendido com a fala do Vereador deve buscar o Sigmetro, o Sindicato das Guardas Municipais da região Metropolitana de Curitiba.

Outro lado

A Banda B procurou o vereador Fenemê. Ele disse que falou o que muitos pensam, mas ressaltam que o comportamento inadequado é com relação a apenas alguns guardas. ” A Guarda de São José dos Pinhais serve sim pra multar, não chega falando com as pessoas. Não são todos, mas tem uns guardas que não têm respeito, se acham autoridade, mas são servidores apenas. Tem que respeitar a comunidade e trabalhar mais. Não vejo os guardas nos bairros”, afirmou Fenemê.

No entanto, da mesma forma que o representante do Sindicato, o vereador diz que está disposto a dialogar. Eles disseram que não me encontraram, mas estou aqui, aberto ao diálogo pra tentar acertar esta situação”, afirmou.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede