aRede aRede aRede
aRede
MP investiga presença de tigre e jiboia durante balada em Curitiba

Cotidiano

14 de março de 2018 14:08

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Alta miopia aumenta 89% no Brasil, diz OMS

Dia da Árvore: 7 espécies brasileiras ameaçadas de extinção

Justiça determina novamente a prisão do bruxo Chik Jeitoso

Princesa dos Campos realiza Encontro de Busólogos
Ações são ampliadas para barrar peste suína africana
Prêmio da Mega-Sena acumula para R$ 22 milhões
Futuro presidente terá de enfrentar financiamento do SUS
/Imagem: Divulgação
PUBLICIDADE

O Ministério Público do Paraná investiga uma casa noturna, no Centro de Curitiba, por supostamente ter exibido um tigre e uma jiboia durante a madrugada de sábado (10) para domingo. Imagens que circulam nas redes sociais mostram, inclusive, pessoas com um dos animais. A denuncia veio à tona após publicação na rede social Facebook do ativista de proteção animal Paulo Colnaghi, que foi quem procurou o Ministério Público do Meio Ambiente. As informações são da Rádio Banda B.

A situação aconteceu durante a chamada Festa da Selva, de acordo com a denúncia de Colnaghi. Há fotos da jiboia com dançarinas do espaço, porém a presença do tigre não é confirmada. Testemunhas, entretanto, garantem que o tigre estaria lá, o problema é que não se pode fazer qualquer imagem dentro do espaço.

Vale destacar que uma lei municipal proíbe a utilização e apresentação de animais em “circos, espetáculos e assemelhados” no território de Curitiba. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério Público, a denúncia chegou via rede ambiental. O procedimento foi recebido e encaminhado ao IBAMA e a Policia Ambiental, que estão avaliando o caso.Se condenados, os responsáveis podem responder por crime ambiental.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização