HC tem tarde especial para crianças internadas

Ponta Grossa

11 de outubro de 2018 18:20

João Vitor Rezende

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Pré-venda do 'Planeta Mais' tem ingressos esgotados

AMTT alerta para desligamento de semáforos neste domingo

Colégio Sagrada comemora 85 anos em PG

Cescage realiza ação para coleta de mechas de cabelos
Rapaz ameaça pai com facão e acaba preso
Operação detém dupla por perturbação do sossego
Flanelinha leva pedrada de ladrão de carro
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Pintura, lanche e muitas fantasias fizeram parte da festa dos baixinhos

Pelos corredores do Hospital Municipal da Criança João Vargas da Oliveira estavam espalhados diversos personagens das histórias infantis, tinha desde princesas até bruxas, de crocodilos a unicórnios. Eles eram enfermeiros, médicos, técnicos, assistentes sociais, farmacêuticos, todos fantasiados para tornar a tarde dos baixinhos mais animada e comemorar o Dia das Crianças desta quinta-feira (12). 

As 20 crianças que estavam internadas hoje (11), brincaram, pintaram o rosto, comeram lanches especiais e conseguiram esquecer por algumas horas que estavam sendo medicadas dentro de uma unidade hospitalar. A mãe da pequena Pietra Mickaella Delponte, 4 anos, percebeu que que as ações ajudaram a animar a filha. “É incrível como ela ficou mais feliz! Ela está encantada com tudo colorido, ainda mais depois que ela ganhou um vestido de princesa. Eu adorei o atendimento que recebemos aqui, o hospital está lindo e cheio de bons profissionais”, comenta Kawhany Aparecida Lealdino. 

O Dia das Crianças é realizado todo ano nas dependências do hospital e conta com a ajuda de toda a sociedade através de doações. “Este ano preparamos atividades durante a semana toda, essas ações auxiliam as crianças e ajudam a colocar um sorriso no rostinho de cada pequeno internado. Os funcionários vestem a camisa e se fantasiam para alegrar e encantar a tarde dos baixinhos”, diz a diretora do hospital, Raquel Mocelim. 

Juliana Galvão, mãe da Luiza Galvão, 3 anos, acompanhou todas as atividades realizadas durante a semana e se diz satisfeita com a dedicação dos funcionários. “Estou a cinco dias com a minha filha aqui, estar no hospital nunca é fácil, ainda mais quando a doente é ela. Estou impressionada com a estrutura do hospital, parece iniciativa privada, e o atendimento dos profissionais é impecável, principalmente da assistente social e da nutricionista. Minha filha recebeu um atendimento humanizado. As brincadeiras faziam elas esquecer que estava tomando soro e não podia sair do quarto. De todas as ações o que ela mais gostou fora os cães da PM e a pintura”, ressalta Juliana.

Com informações da Assessoria

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede