aRede aRede aRede
aRede
A três semanas das eleições, campanhas entram na reta final

Ponta Grossa

14 de setembro de 2018 19:34

Rodrigo de Souza

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Inscrições do Vestibular Cescage 2019 estão abertas para 16 cursos

IML identifica casal que morreu afogado em represa de PG

Delegação do Operário chega em PG durante a tarde

Colisão entre caminhões atrapalha trânsito na BR-376
Homem é levado ao Pronto-Socorro após acidente
Mulher se afoga, marido tenta salvá-la e morre também
Documentário Salvando Risos é lançado na CCR
/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Justiça tem até segunda-feira (17) para julgar pedido de registro de candidatos que vão concorrer ao pleito.

Os candidatos que concorrem a um cargo eletivo nas eleições deste anos têm somente mais três semanas para convencer os eleitores sobre a confiança do voto. A campanha para o pleito, que acontece no dia sete de outubro, chega na reta final: são somente mais três semanas até que os eleitores depositem os votos nas urnas.

Com a proximidade do 1º turno, a expectativa é que os candidatos intensifiquem as campanhas pelas ruas da cidade e também nas redes sociais, onde a movimentação tem ficado maior por conta do alcance das ações. No primeiro domingo de outubro (7), os eleitores terão que decidir, pela ordem, em quem irão votar para os cargos de deputado federal, deputado estadual, 1ª vaga de senador, 2ª vaga de senador, governador e presidente da República.

Em relação ao calendário estipulado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Justiça tem até a segunda-feira (17) para julgar todos os pedidos de registros de candidatos que irão concorrer ao pleito. Também nesta data, os partidos e coligações precisam oficializar os candidatos, não sendo mais permitidas substituições de candidaturas.  

A partir de 22 de setembro, nenhum candidato pode ser detido ou preso, a não ser em flagrante delito. A medida também passa a ser válida para os eleitores a partir de 2 de outubro, com exceção de caso de sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou por desrespeito a salvo-conduto.

O dia 4 de outubro é o prazo limite para a realização de debates no rádio e na televisão. A data também marca o fim da propaganda política feita através de comícios. No dia 6, encerra-se a distribuição de material gráfico de campanha, promoção de caminhadas, carreatas, passeatas ou carros de sim. Também é o último dia para que o TSE divulgue comunicados e instruções ao eleitorado.

Além do primeiro turno das eleições, o TSE também estipulou, no calendário oficial, o segundo turno para o dia 28 de outubro, caso um candidato ao governo do Estado ou à presidência da República não conquiste a maioria dos votos válidos.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização