aRede aRede aRede
aRede
Estudantes denunciam assédio dentro da UEPG

Ponta Grossa

09 de março de 2018 15:06

Stiven de Souza

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Aulas seguem suspensas na segunda-feira

PM prende suspeito de assalto a cartório

Caminhão com gás abastece Hospital Unimed em PG

Exército e PRF escoltam caminhão para hospitais
Caminhão de gás é liberado para departamento penitenciário
Mulher de 65 anos morre em PG após agressão de genro
Manifestações são agendadas em PG neste sábado
PUBLICIDADE

Os dois campus da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) foram 'inundados' por cartazes com assédios e frases machistas. A polêmica é que elas teriam sido ditas por professores de diferentes cursos durante as aulas. 

Os cartazes foram afixados por membros do Diretório Central dos Estudantes (DCE) nesta quinta-feira (8), em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. A estudante do 3º ano de Serviço Social, Jayne Thayla, é coordenadora geral do DCE e conta que a ação começou a ser organizada na semana passada, pelas redes sociais. "Nós fizemos uma enquete no Facebook e reunimos estas frases. Na quarta-feira (7), fizemos uma oficina de cartazes e ontem (quinta) colocamos eles nos dois campus", diz. 

O nome dos professores que teriam dito as frases não foi divulgado nos cartazes. Mas, segundo o DCE, os cartazes foram colocados nos corredores dos blocos aonde os casos de assédio e machismo teriam ocorrido. 

A manifestação causou reações diversas dentro da UEPG. Alguns dos cartazes foram arrancados, amassados e jogados nos corredores. "O nosso objetivo incomodar e mostrar como nós nos sentimos incomodadas diariamente com estas frases", afirma Jayne. 

A reportagem do Jornal da Manhã e Portal aRede procurou a reitoria para comentar o caso. Por assessoria de imprensa, a UEPG informou que manifestação é livre dentro dos campus. Já sobre casos de assédio, a instituição disse que, caso haja alguma situação aonde o aluno se sinta incomodado, ele pode procurar a Ouvidoria da universidade ou a Ouvidoria Geral do Estado. "Também e temos a Coordenadoria de Assistência e Orientação ao Estudante (CAOE). A partir das denúncias, nós instauramos um procedimento para apurar eventual assédio moral", informou. 

PUBLICIDADE
RC VIAGENS - 26/05/2018 16:00h

Chef Lopes

Confira a coluna Destinos por Rômulo Cury (26/05)...

 
0
RC VIAGENS - 26/05/2018 14:00h

Icebar Brasil

Confira a coluna Destinos por Rômulo Cury (26/05)...

 
0
MIX - 26/05/2018 02:24h

Remy tenta seduzir Karola

No capítulo 012, sábado, 26 de maio – Remy tenta seduzir Karola. Ícaro se interessa por Rosa. Luzia...

 
0
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização