aRede aRede aRede
aRede
Parque Histórico promove feira para resgatar tradições medievais

Mix

11 de agosto de 2018 00:22

Dhiego Tchmolo

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Almoço do dia dos pais

Inscrições para o Coro Tons e Cores se encerram na próxima sexta

Bangalô dos Pastéis inicia programa de pontos em PG

Cachoeira da Mariquinha é destaque em clipe do músico Scilas Oliveira
Feira Medieval terá apresentação de combates reais
Parque Histórico promove feira para resgatar tradições medievais
Preview de Moda confirma tendências Primavera /Verão 2018/19
/Foto: divulgação
PUBLICIDADE

Evento realizado nos dias 18 e 19 de agosto em Carambeí faz resgate histórico com destaque para a Idade Média

Uma época com cerca de mil anos que desperta a curiosidade e engaja o imaginário de muitos brasileiros. Esta é a Idade Média, período compreendido pela historiografia entre os séculos V ao XV, principalmente na Europa. E é sobre este tema que o Parque Histórico de Carambeí realiza a 2ª edição da Feira Medieval, nos dias 18 e 19 de agosto (sábado e domingo), no próprio museu.

Conforme explicam os coordenadores do evento, a “Feira é um projeto do núcleo educativo que reúne a comunidade dos Campos Gerais e de Curitiba para realizarem um evento com diversas atrações educativas, sendo a principal o recriacionismo histórico – uma modalidade de educação patrimonial”. A Feira Medieval é o maior evento do gênero em todo o Paraná e envolverá, somente neste ano, cerca de 100 voluntários na organização.

Segundo o historiador e coordenador do núcleo educativo do Parque Histórico de Carambeí, Lucas Kugler, contou como surgiu a ideia da Feira. “No ano passado eu pensei em realizar uma ação educativa sobre a Idade Média. A ideia era atingir um público de 100 a 300 crianças. Mas, como o assunto por si só é muito atraente, a divulgação foi ‘a mil’ e tivemos uma Feira com cinco mil pessoas”, destaca.

Para Lucas, a essência do evento é são os voluntários – na primeira edição foram 60 pessoas que ajudaram, aumentando em quase 70% neste ano. “Fizemos um grupo de estudos juntando o pessoal que adora a Idade Média em geral: entusiasta, curioso, cosplayer, artesões. Fizemos um evento de coração, deu muito certo, foi muito gostoso fazer”, completa o historiador sobre o projeto original.

Uma tendência muito grande da Idade Média foi a forte presença do catolicismo, que será explorada no evento do Parque Histórico de Carambeí. O voluntário Rodrigo Charneski explicou mais sobre esta questão durante o evento. “A Feira representa toda a cristandade. Quando você fala de Idade Média lembra da Igreja Católica. Vamos tentar simular um pouco do que acontecia na época, como uma procissão que acontecia”, explica o voluntário

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização