aRede aRede aRede
aRede
Homem tem sobrancelha queimada após acender cigarro

Insana

25 de julho de 2018 12:05

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Russo remove pênis por 'desgostar' do contraste de cor

Soldado coloca fogo nele mesmo como protesto

Homem tem sobrancelha queimada após acender cigarro

Cientistas no Canadá criam primeira cerveja de maconha
Estátua de Virgem Maria 'chora' azeite em igreja
‘Caçador de fantasmas’ é flagrado nu em portão de casa
Idosa de 92 anos mata filho para evitar de ir para asilo
Autoridades identificaram vazamento de gasolina como causa do incêndio./Reprodução/Patrulha Rodoviária da Califórnia (PRC)
PUBLICIDADE

Robert Quigley estava no meio de um fogaréu causado por seu carro pegando fogo e foi flagrado ascendendo cigarro

Um homem teve uma ideia um tanto quanto arriscada para 'relaxar' enquanto tinha um carro pegando fogo ao seu lado na Califórnia, Estados Unidos. Informações do jornal The Sacramento Bee apontaram que Robert Quigley, de 25 anos, estava no meio do fogaréu causado pelo veículo dele, quando foi flagrado acendendo um cigarro. O jornal relatou que, felizmente, o norte-americano não sofreu ferimentos graves, tendo somente parte das sobrancelhas queimada.

A Patrulha Rodoviária da Califórnia (PRC) afirmou que Quigley estava na estrada I-80, em Sacramento, na tarde de domingo (08/07), quando bateu na traseira de outro veículo parado no engarrafamento. Com o carro pegando fogo, o americano simplesmente teve a "brilhante" ideia de fumar um cigarro, arriscando a própria vida. Autoridades identificaram vazamento de gasolina como causa do incêndio.

Patrulha Rodoviária da Califórnia foi acionada para socorrer envolvidos no acidente e apagar chamas do veículo. Quigley estava acompanhado de uma amiga no momento da batida, e ambos conseguiram abandonar o veículo a tempo, antes de as chamas se espalharem.  A PRC foi acionada minutos após o ocorrido, encontrando o homem com um quadro leve de intoxicação e sem uma parte das sobrancelhas.

Aos policiais, testemunhas disseram que Quigley e a passageira tentaram trocar de assento enquanto ela dirigia, e que, depois da batida, o homem saiu e voltou correndo para dentro do veículo, pegou seu cigarro e o acendeu.

Na delegacia, Quigley admitiu que era ele atrás do volante na hora do acidente, por isso foi preso por dirigir embriagado. Em entrevista à FOX 40, um oficial alegou que o motorista manteve a calma ao longo do acontecimento e chegou a brincar que “não tinha medo de fogo por estar acostumado a lidar com esse tipo de coisa”.

A polícia destacou que, depois do acidente com o carro pegando fogo, a equipe investigou o histórico Robert Quigley, descobrindo que ele já havia sido preso por dirigir bêbado. Os restos carbonizados do veículo foram guinchados e o motorista foi levado para uma cadeia na capital da Califórnia. 

Informações Último Segundo

 

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização