aRede aRede aRede
aRede
Você conhece o significado da sua tatuagem?

homem

09 de abril de 2018 16:01

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Você conhece o significado da sua tatuagem?

Unidade Jhonn Barber no Palladium completa 15 mil atendimentos

Jhonn Barber prepara novidades para unidade matriz

Tatuador de PG quer se tornar referência no ‘realismo colorido’
Três dicas para você cuidar do cabelo e barba durante o verão
Jhonn Barber lista tendências de corte masculino para o verão
Processo 'encobre' tatuagens antigas com novos desenhos
/Imagem: Divulgação
PUBLICIDADE

Para algumas pessoas, os desenhos tatuados na pele são carregados de significados, sejam eles emocionais, familiares ou apenas visuais. No entanto, para outros o significado da tatuagem não é prioridade - tal atitude pode causar problemas futuros. De olho nos cuidados na hora de escolher o desenho a ser tatuado, o profissional Ricardo Loreno alerta sobre aspectos que devem ser levados em conta.

Loreno lembra que, dependendo da cultura e do momento histórico, os desenhos tatuados na pele podem ter significados distintos, por vezes conflitantes. "Por isso, é muito importante que a pessoa pesquise e se oriente sobre o que significa aquele desenho que ela(e) quer tatuar na pele. Isso evita problemas futuros, sejam eles profissionais ou mesmo na vida pessoal", conta Ricardo.

Exemplos mais comuns

Para orientar quem deseja realizar uma tatuagem, Loreno elenca os exemplos mais comuns quando o assunto é significado dos desenhos gravados na pele.

1- Tatuagens no mundo do crime

O primeiro deles é o clássico: tatuagens de palhaço. Com o significado oriundo das máfias na Rússia, México, Porto Rico e nos EUA, grafar um palhaço na pele tem um significado bastante claro no meio policial: o desenho está ligado a morte de policiais e roubos. "Muitas pessoas querem desenhar um palhaço, mas não conhecem esse significado", explica Loreno. Magos e duendes, por exemplo, também tem significado no mundo do crime, representando o envolvimento com o tráfico de drogas.

2 - Desenhos religiosos

Outro tipo de desenho bastante comum é o de conotação religiosa, seja ela cristã ou não. Um caso icônico é o do pentagrama: desenhado com o círculo para cima, representa um símbolo wicca (religião baseada nos elementos da natureza), já com o círculo feito de cabeça pra baixo pode representar o satanismo ou, apenas, uma estrela. "Essas interpretações dependem da bagagem cultural de cada um", conta Loreno.

3 - Tattoos tribais:

Oriundos de uma tradição milenar, os desenhos tribais são carregados de simbologia e tem se tornado cada vez mais frequentes, principalmente na pele de homens. "Para as tribos maori, celta e haida, por exemplo, a tatuagem exibia a posição que aquela pessoa tinha no grupo social ou mesmo como uma marca registrada daquela tribo específica", conta Loreno.

Qual o sentido real da sua tatuagem?

Ricardo Loreno lembra que a escolha da tatuagem deve ser feita de forma responsável. "O desenho pode trazer muitas representações e a pessoa tatuada, além do profissional, tem que atentar para isso", explica. Mas o tatuador destaca ainda que mesmo tendo um significado "público", a tatuagem também têm significados particulares. "Cada um cria o sentido real da sua tatuagem de acordo com sua identidade", salienta Loreno.

As informações são da assessoria. 

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização