aRede aRede aRede
aRede
Gersinho destaca “entrega” do time na estreia da Série C

Esporte

16 de abril de 2018 07:40

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Operário vence São-Joseense e classifica no Sub-19

PG fatura títulos no handebol e vôlei feminino nos JOJUPs

Fantasminha viaja ao Japão para construir nova história

Atlético-PR e Inter protagonizam duelo emocionante
Santos e Palmeiras empatam no Pacaembu
Clássico carioca termina empatado em São Januário
Caramuru feminino vai disputar fase final dos JOJUPs
Fantasma encara sequência de jogos e comissão técnica tenta minimizar desgaste/José Tramontin/OFEC
PUBLICIDADE

Além de exaltar o resultado no primeiro jogo pela Série C, o técnico Gerson Gusmão também ressaltou o espírito de luta dos jogadores

A ansiedade pela estreia na Série C depois de 25 anos e o cansaço acumulado pela sequência de jogos fizeram com que a partida deste domingo (15) diante do Volta Redonda (RJ) fosse de mais raça do que técnica. Na entrevista coletiva após a vitória por 1 a 0 no primeiro jogo do Campeonato Brasileiro, o técnico Gerson Gusmão destacou o espírito guerreiro do time e a estratégia usada para anular a qualidade do time carioca com a bola os pés.

“O importante foi iniciar com uma vitória, porque tinha-se uma expectativa muito grande de como a equipe ia se portar na Série C e hoje acho que todos viram um jogo de entrega, de luta e de marcação”, elogiou o comandante alvinegro. O gol do Fantasma saiu aos 32 minutos do primeiro tempo, quando Jean Carlo fez jogada individual e tocou para Cleyton finalizar. O goleiro rebateu e a bola sobrou para Gil Paraíba balançar as redes. Na segunda etapa, as duas equipes tiveram gols anulados por impedimento: o alvinegro aos 39 minutos e o Volta Redonda aos 47 minutos.

O treinador ressaltou que o Voltaço é uma equipe com qualidade e lembrou que o time quase alcançou a vaga na Série B em 2017, quando parou nas quartas de final diante do Sampaio Corrêa (MA). “Hoje, enfrentamos uma grande equipe, que vem há muito tempo jogando junto, tem entrosamento, conhece a competição e veio de um quase acesso para a Série B do Brasileiro. Então sabíamos que íamos enfrentar um adversário que ia jogar com uma proposta de jogo, mas que quando estivesse com a bola no pé ia nos causar muito problema, pela qualidade técnica e pela organização”, frisou o treinador.

O Operário iniciou a partida com Simão, Léo, Alisson, Sosa, Raphael Soares, Chicão, Índio, Cleyton, Gil Paraíba, Jean Carlo e Schumacher. No segundo tempo, entraram Erick, Athos e Quirino para saída de Índio, Cleyton e Schumacher.

O Fantasma volta a campo na quarta-feira (18) para enfrentar o Batel, às 15h30, no Estádio Waldomiro Gelinski, pela Segunda Divisão do Campeonato Paranaense. Na Série C, o alvinegro joga no domingo (22) contra o Ypiranga-RS, às 15h, no Estádio Colosso da Lagoa.

Informações Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização