aRede aRede aRede
aRede
Operário supera nervosismo e vence primeira na Série C

Esporte

15 de abril de 2018 17:26

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Jogadores do Operário celebram título com a torcida

Grêmio vence de virada e cola na liderança do Brasileiro

Capitão Chicão celebra feito histórico do Operário

Municípios da AMCG recebem R$800 mil para o esporte
Autor do gol na decisão realiza sonho no Operário
aRede transmitirá a chegada dos campeões
Torcedores tomam a Avenida em festa pelo título
Gil Paraíba fez o gol da vitória do Operário na estreia da Série C/José Tramontin/OFEC
PUBLICIDADE

Com gol de Gil Paraíba no primeiro tempo, Fantasma bateu o Volta Redonda (RJ) por 1 a 0 e garante vitória no primeiro jogo do Campeonato Brasileiro da Série C

Foram meses de ansiedade e de expectativa até que o Operário Ferroviário entrasse em campo pela Série C do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (15), finalmente o torcedor pode ver o Alvinegro em uma competição nacional meses depois do título da Série D. E foi da melhor forma possível para a equipe ponta-grossense: vitória por 1 a 0 e os primeiros três pontos garantidos.

O Fantasma agora deve se preparar para o jogo neste meio de semana pela Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense. O desgaste dos jogadores foi visível e a comissão técnica terá trabalho para recuperar os atletas para o confronto de quarta-feira (18) fora de casa contra o Batel, em Guarapuava. Uma vitória no próximo jogo encaminha a classificação para a elite do Campeonato Paranaense.

Pela Série C, o Operário vai para o Rio Grande do Sul para enfrentar o Ypiranga, às 15h.

O jogo

A primeira etapa começou truncada, com os dois times trocando muitos passes no meio de campo, mas sem conseguir chegar ao campo de ataque com sucesso. A primeira boa oportunidade do Operário surgiu apenas aos 18 minutos com bola cruzada na área, mas o zagueiro Marcelo tirou de cabeça. Quatro minutos depois, Jullian chutou de longe e exigiu boa atuação do goleiro Simão.

Mesmo sem criar muitas chances, o Fantasma começou a dominar o jogo e manter a posse de bola, mas foi previsível com as jogadas pelas laterais. Aos 30 minutos, Schumacher ficou com a sobra dentro da área, mas foi travado na hora de chutar. Dois minutos depois, no entanto, a pressão deu resultado e Gil Paraíba abriu o placar. Jean Carlo fez jogada individual pela direita e a bola chegou para Clayton. Ele bateu de esquerda e o goleiro espalmou nos pés do camisa 7 do Operário, que chutou alto e fez o primeiro gol da partida.

Passada a pressão da estreia e com um gol na frente, o Operário manteve o domínio e impediu que o Voltaço criasse oportunidades. No fim da primeira etapa, Schumacher teve boa chance de ampliar a vantagem em contra-ataque, mas dominou mal e perdeu a oportunidade na cara do gol.

A segunda etapa começou com o Volta Redonda pressionando e mantendo a posse de bola, mas sem conseguir boas chances. Aos 15 minutos, Marcelo assustou o torcedor com um chute forte que acertou a rede pelo lado de fora. Aos poucos, o Fantasma começou a controlar o jogo e, jogando mais recuado, passou a trocar mais passes e chegou com perigo duas vezes, mas Schumacher não conseguiu finalizar a jogada. Em seguida, Léo teve outra boa chance com chute de longe e o goleiro fez ótima defesa.

Aos 23 minutos, Erick entrou em campo no lugar de Índio e logo no primeiro lance quase fez o segundo do Operário, mas Douglas Borges fez mais uma boa defesa para manter o Voltaço na briga. Gil Paraíba também teve a chance de fazer mais um, mas chutou fraco e perdeu chance incrível. O camisa 7 chegou a balançar as redes no fim da partida depois de driblar o goleiro, mas o árbitro marcou impedimento. Nos acréscimos, o Volta Redonda marcou o gol de empate, mas o auxiliar também apontou a posição irregular e evitou a derrota do Operário.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização