aRede aRede aRede
aRede
YouTube ganha “modo noturno” no iOS

Cotidiano

14 de março de 2018 12:47

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

PSL faz convenção neste domingo para lançar candidatura de Bolsonaro

Mega-Sena acumula e próximo prêmio deve pagar R$ 72 milhões

PROS e PMB realizam convenção e oficializam apoio à Cida Borghetti

MDB de Requião define candidatos para eleição no Paraná
Estrutura em vidro ganha força na construção civil
PMN decide não ter candidato à Presidência
Mortes de imigrantes no Mediterrâneo chegam a quase 1,5 mil
O lançamento do recurso já era esperado desde janeiro/Foto: Reprodução Unilogic Media Group Ltda/
PUBLICIDADE

O lançamento do recurso já era esperado desde janeiro

O aplicativo do YouTube para iOS está, finalmente, recebendo o modo noturno, que permite escurecer o layout para dar mais destaque aos vídeos. A atualização deve chegar em breve também ao Android e aplica um tema escuro em toda a interface da plataforma, que pode ser mantido também durante a navegação ou pesquisa por novos conteúdos.

É durante a exibição, entretanto, que a novidade tem seu maior mérito. Introduzida na versão desktop do YouTube em maio de 2017, junto com o Material Design, a ideia é reduzir o brilho emitido pela tela e também a claridade, garantindo maior fidelidade de cores na exibição de conteúdo.

De acordo com a Google, o uso de temas mais escuros na tela também é menos agressivo aos olhos, algo importante em um aplicativo de vídeos no qual os usuários passam um longo tempo, além de economizar bateria. O modo aparece tanto no iPhone quanto no iPad, invertendo as cores de fontes e ícones, mas mantendo o design idêntico ao original.

Até o momento, quem quisesse acessar uma interface escura no YouTube deveria utilizar o app dedicado a jogos da plataforma. Agora, porém, basta acessar as configurações do aplicativo, no menu de usuário na parte superior direita, para ativar o modo noturno e ver toda a interface aparecendo com fundo preto, uma opção que é mantida até ser desativada manualmente.

O lançamento do recurso já era esperado desde janeiro, quando a opção surgiu sorrateiramente para alguns usuários da plataforma, ainda em caráter de testes. Na época, a empresa nem mesmo falou sobre o assunto, mas agora fica claro que a novidade estava mesmo em desenvolvimento e, finalmente, chega às mãos de todos os usuários do iOS.

Informações Canaltech

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização