aRede aRede aRede
aRede
Revestimento que remete a estações de metrô se destaca

Cotidiano

12 de agosto de 2017 20:29

Silvia Ajuz

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Instagram não vai mais notificar sobre captura de tela do Stories

Acidente entre três motos deixa dois feridos graves

MEC divulga hoje resultado do Sisu

Paraná reforça estrutura de atendimento aos autistas
Governo confirma pacote de obras para a PR-092
Ladrão leva tiro ao assaltar PM em frente a shopping
Cármen Lúcia assume pela 2ª vez a Presidência da República
/Da Redação
PUBLICIDADE

O estilo urbano invadiu a moda e a decoração trazendo à tona referências um tanto inusitadas. Enquanto na moda as peças detonadas viraram febre (calça agora é assim, quanto mais rasgada melhor) a decoração foi beber da fonte industrial. Em se tratando de revestimentos, não há dúvida, a grande sacada foi a releitura feita pela arquitetura de interiores do subway tile ou, simplesmente, azulejo de metrô. Como o nome sugere, o conceito do material é exatamente reproduzir as paredes de estações de metrô tradicionais de cidades como Londres e Nova Iorque.

A arquiteta Carmen Calixto já fez uso do revestimento em seus projetos e confirma se tratar de uma tendência mundial. “O estilo industrial está muito em alta e este revestimento vem nesta onda. Já o vi sendo utilizado em projetos de interiores de várias cidades do mundo. Inclusive em lojas de grandes marcas”, conta a especialista.

Em relação aos projetos residenciais, o subway tile é bem-vindo nos mais variados ambientes, como na cozinha, na sala ou no banheiro. “Este revestimento deixa o ambiente mais cool e moderno. Fica muito legal em uma cozinha ou banheiro, mas também pode ser usado em um quarto ou home theater”, explica a profissional que, inclusive já especificou o material em um home theater. Já a designer Laura Santos, optou por aplicar o azulejo de metrô em um banheiro. “Como o apartamento é antigo, mantive as louças originais e o revestimento de metrô fez esse contraste entre o vintage e o moderno”, pontua.

As profissionais revelam que, por ter crescido a demanda por este tipo de produto, o mercado já oferece diversas alternativas. “Existem várias opções de cores e marcas. Com relação ao tamanho, não varia muito para não descaracterizar o estilo”, explica Carmen. O mais importante é que, independente da opção escolhida, o material possui vocação para ser destaque. “Ele possui bordas abauladas isso faz com que seu brilho seja ressaltado, dando destaque à peça”, explica Laura Santos.


Rejuntes

Para quem gosta de destaque, aliás, uma boa pedida é apostar em rejuntes escuros para evidenciar o material. Mas utilizar um rejunte de cor similar também resulta em uma composição poderosa e hormônica. “Por fim, ainda existe a opção de se instalar as peças com as bordas desencontradas ou alinhadas. O resultado será sempre muito interessante”, encerra a arquiteta  Carmen Calixto.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização