Polícia Ambiental prende trio com 270 metros de redes

Campos Gerais

13 de janeiro de 2018 15:25

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Palmeira apresenta projeto para parcelamento de dívida

Telêmaco investirá quase R$ 1,6 mi em obras nos bairros

Tibagi adquire novas vans para transporte de pacientes

Carambeí comemora sucesso do Festival de Tortas
Senhor morre após capotar picape em Witmarsum
Ciclista morre após acidente com moto em Carambeí
PRF recupera carreta com carga de frango
PUBLICIDADE

Material de pesca predatória foi encontrado no Rio Iguaçu, em Porto Amazonas; quase 24 quilos de peixes foram apreendidos

Três pessoas foram presas nesta sexta-feira (12) flagradas praticando pesca predatória na cidade de Porto Amazonas (região dos Campos Gerais). A prisão foi realizada pela Polícia Ambiental, durante patrulhamento pelo Rio Iguaçu. Quase 270 metros de redes foram apreendidos e 24 quilos de peixes foram encontrados em um freezer.

De acordo com a Polícia Ambiental, os presos têm 50, 54 e 56 anos de idade. Eles foram presos no momento em que retiravam seis redes de pesca do leito do rio. O grupo assumiu, então, que estava com mais materiais para pesca predatória no rancho de pesca. Foram apreendidas outras 22 redes, totalizando 269 metros de rede. Na geladeira, havia 23,9 quilos de peixes das espécies traíra, corimbatá e bagre, recém-pescados.

Os três homens foram presos em flagrante e encaminhados até a delegacia da Polícia Civil de Palmeira. Durante a ação, também foi apreendido um barco e um motor de popa, que também foi levado à delegacia.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede