menu

Campos Gerais

Polícia identifica autores de atentado contra médico

Da Redação | Campos Gerais | 11/01/2018 as 14:02h / Imagem: aRede

A Polícia Civil informou que já identificou os dois responsáveis pela tentativa de roubo frustrada ocorrida no último dia 3 de janeiro e que acabou ferindo o médico José Carlos Nisgoski. Ele foi encaminhado em estado grave a Ponta Grossa, onde foi internado na UTI do Hospital da Unimed e passou por cirurgias para a retirada dos projéteis. O médico passa bem e aguarda alta no hospital.

De acordo com a reportagem da Folha Paranaense, os autores dos disparos foram dois jovens moradores de Arapoti, ambos de 20 anos de idade, mas que se encontram foragidos. Segundo o delegado da Polícia Civil de Jaguariaíva, Derick Moura Jorge, os criminosos fugiram e abandonaram a arma do crime no local, um revólver calibre .38. A Polícia não divulgou os nomes dos suspeitos

“A nossa equipe de Jaguariaíva os identificou com o apoio da equipe policial de Arapoti. Agora estamos em buscas para localizar ambos” informou o delegado.

O crime

O médico pediatra, José Carlos Nisgoski, foi vítima de disparos de arma de fogo no início da noite do último dia 03. Segundo relatório divulgado pela Polícia Militar (PM), a esposa da vítima relatou que quando abria o portão de sua residência, na Avenida Conde Francisco Matarazzo, no centro de Jaguariaíva, para adentrar com seu veículo, foi abordada por dois indivíduos.

Os elementos a obrigaram a voltar ao veículo e adentrar à garagem. O marido da mesma, que estava na residência, percebeu a ação e reagiu. Momento em que foi alvejado por vários disparos de arma de fogo. Os autores fugiram, sentido ao parque linear.


Veja também

Ponta Grossa

Cotidiano

Campos Gerais

ARede Insana

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS