menu

Campos Gerais

Sicredi Campos Gerais tem melhor 1º semestre da história

Fernando Rogala | Campos Gerais | 12/08/2017 as 15:16h / Imagem: aRede

A Cooperativa Sicredi Campos Gerais inicia na próxima semana o giro de prestação de contas do primeiro semestre de 2017. Entre os dias 14 de agosto a 05 de setembro, serão realizados 15 eventos, nos 14 municípios da área de atuação da cooperativa. A expectativa é de que mais de duas mil pessoas participem das reuniões.

De acordo com o presidente da Sicredi Campos Gerais, Popke Ferdinand Van Der Vinne, a transparência na gestão é um dos grandes diferenciais da instituição financeira cooperativa. “Duas vezes por ano reunimos nossos associados para prestar contas e demonstrar as ações planejadas e desenvolvidas. Esta é uma das maneiras que encontramos de estar próximos de nossos associados e abertos as suas ideias e sugestões”, explica o presidente. “E o melhor é poder dividir com eles (associados) os resultados históricos que atingimos no semestre”, completa.

Entre os números que serão apresentados nas reuniões, destaque para o volume de recursos administrados, que saltaram de R$ 1,040 bilhão para R$ 1,245 bilhão, crescimento de 20% de janeiro a junho. A carteira de poupança também teve desempenho recorde, passando de R$ 140 milhões para R$ 171 milhões, evolução na casa dos 22% no período. Já o volume de crédito comercial cresceu 11%, saindo de R$ 287 milhões para R$ 317 milhões.

Porém, o que mais chama atenção é o crescimento do total de associados da cooperativa. Eram 48.776 em 1° de janeiro, e agora são 52.454. “Tivemos um incremento líquido de 3.678 novos associados no semestre, uma evolução de 8%. Estes números demonstram que as pessoas estão acreditando na proposta diferenciada do Sicredi e trazendo sua movimentação financeira para a cooperativa”, avalia o diretor executivo da Sicredi Campos Gerais, Márcio Zwierewicz.

Todos estes números fizeram com que a cooperativa acumulasse um resultado positivo de R$ 19,7 milhões, 11% acima do primeiro semestre de 2016. “Se mantivermos o desempenho no segundo semestre, fecharemos o ano novamente com números recordes na cooperativa”, projeta Zwierewicz.


Veja também

Ponta Grossa

Cotidiano

Campos Gerais

ARede Insana

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS