aRede aRede aRede
aRede
Empresa de Blumenau participa pela 1ª vez do Agroleite

Agronegócio

12 de agosto de 2017 22:29

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Contratação do crédito agropecuário aumentou 13%

Grave acidente envolve oito veículos na BR-277

Leite lidera geração de riquezas em Castro e Carambeí

Arapoti sedia tradicional feira de pecuária leiteira
Região concentra nove gigantes do agronegócio
Iapar confirma nova doença em lavouras de milho no Estado
Soja gera quase R$ 2,9 bi em riquezas na região
/Fernando Rogala
PUBLICIDADE

Acontece na próxima semana, entre os dias 15 e 19 de agosto, em Castro, na Região dos Campos Gerais, o Agroleite 2017, evento técnico voltado a todas as fases da cadeia do leite. Como neste ano o foco da feira é apresentar a modernização crescente da cadeia do leite e gerar mais informação para os produtores, a Magnus Consultoria apresentará durante o evento uma completa linha de soluções para a gestão do agronegócio.

A empresa, que possui sedes em Curitiba e Blumenau, participa pela primeira vez do Agroleite com o objetivo de oferecer aos produtores rurais mecanismos de tecnologia e gestão do mercado para que seja possível melhorar a produtividade e lucratividade, através de um acompanhamento eficiente, inovador e de confiança ao homem do campo.

O diretor-presidente da empresa, Magnus Wolfram, explica que entre os serviços oferecidos está a gestão do plantel e da produção. “Assim, é possível gerenciar investimentos por animal, além de acompanhar a produção integrado à ordenhadeira, permitindo o acompanhamento da produtividade tanto por animal e quanto do plantel como um todo”, frisa.

Além da produção leiteira, o sistema ainda permite gerenciar a safra. “Desta forma é possível gerenciar a propriedade, integrando o controle da safra aos contratos, permitindo a rastreabilidade dos grãos e automação dos processos”, frisa Wolfram.

E, de forma a oferecer um serviço completo no campo, o sistema oferecido ainda permite gerenciar as rotinas trabalhistas, controlar o ponto e calcular a folha de pagamento. “A tecnologia hoje é uma realidade na cidade e no campo e acreditamos que pode servir como uma importante ferramenta para que os produtores e seus familiares possam gerenciar os negócios e tomar as melhores decisões”, completa o diretor de Sistemas, Maurício Tomelin.


Informações da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização